DA RESISTÊNCIA AO RACIONALISMO À SUBMISSÃO DA HISTÓRIA

CAMINHOS PARA PENSAR O IMAGINÁRIO DO AI-5 NA NARRATIVA JORNALÍSTICA

  • Luana Chinazzo Müller

Resumo

Este artigo se configura como um exercício de aproximação entre o conceito de imaginário e o objeto de pesquisa da autora, a narrativa sobre o Ato Institucional N°5 (AI-5) no jornal O Globo. Parte-se das questões “O que é o imaginário para o nosso trabalho?”, “Quais as materialidades possíveis do imaginário em nosso objeto de pesquisa?”, “Como perceber as expressões do imaginário que nos propomos a observar?”, para tencionar objeto e referencial teórico de maneira a melhor compreender a forma que o imaginário assume no projeto proposto. Aprofunda-se as noções de imaginário como resistência ao racionalismo, como aura e como excedente de significação, relacionando-as à pesquisa na qual o imaginário assume duas formas essenciais: algo dinâmico e que excede o objeto de significação.

Publicado
2018-07-07
Como Citar
MÜLLER, Luana Chinazzo. DA RESISTÊNCIA AO RACIONALISMO À SUBMISSÃO DA HISTÓRIA. Anais de Artigos do Seminário Internacional de Pesquisas em Midiatização e Processos Sociais, [S.l.], v. 1, n. 2, jul. 2018. ISSN 2526-222X. Disponível em: <https://midiaticom.org/anais/index.php/seminariointernacional/article/view/165>. Acesso em: 16 out. 2019.