“OLHARES” SOBRE A MIDIATIZAÇÃO

ENTRE O TEÓRICO E O EMPÍRICO, O MICRO E O MACRO, O LOCAL E O GLOBAL

  • Moisés Sbardelotto

Resumo

Neste artigo, mediante uma revisão bibliográfica e leitura crítica, apresentamos, primeiramente, dois “olhares” primeiros sobre a midiatização, entendida como fenômeno comunicacional contemporâneo e também como conceito teóricometodológico. Em seguida, refletimos sobre dois “ângulos de observação” do fenômeno, dois “olhares” teórico-metodológicos principais sobre a midiatização: o micro e o macro. Articulamos tal debate a partir das proposições teórico-empíricas de Braga (2016) e de Faxina e Gomes (2016), e, em nível mais amplo, a partir de dois grandes paradigmas metodológicos, o indiciário (GINZBURG, 1989) e o da complexidade (MORIN, 2008), mediante um “paradoxo” fecundo para os estudos sobre midiatização. Como conclusão, apontamos que a pesquisa, empiricamente, age sobre o mundo comunicacional a partir desses polos, reconstruindo-os constantemente, em seu esforço de observar a midiatização, em que observador e observação coexistem mutuamente.

Publicado
2018-07-07
Como Citar
SBARDELOTTO, Moisés. “OLHARES” SOBRE A MIDIATIZAÇÃO. Anais de Artigos do Seminário Internacional de Pesquisas em Midiatização e Processos Sociais, [S.l.], v. 1, n. 2, jul. 2018. ISSN 2526-222X. Disponível em: <https://midiaticom.org/anais/index.php/seminariointernacional/article/view/177>. Acesso em: 16 out. 2019.