A CANIBALIZAÇÃO SIMBÓLICA DO TEMPLO DE SALOMÃO PELA IGREJA UNIVERSAL DO REINO DE DEUS E A RABINIZAÇÃO DE EDIR MACEDO

  • Alexandre Dresch Bandeira

Resumo

Nosso objetivo neste artigo é investigar e analisar, pelo viés da midiatização da religião, a canibalização simbólica praticada pela Igreja Universal do Reino de Deus e a “rabinização” do seu líder Edir Macedo ao modificar e se apropriar de antigos símbolos religiosos judaicos, sendo este olhar sobre a perspectiva da interface mídia e religião. Fizemos este recorte dentro de uma fase em que a Universal se coloca no topo das igrejas neopentecostais brasileiras, destacando-se com a construção do Templo de Salomão em São Paulo. Como método de observação assistimos e obtivemos frames de diversos vídeos disponíveis no YouTube que nos proporcionaram inúmeras visadas para inferir sobre o caso.

Publicado
2018-07-07
Como Citar
BANDEIRA, Alexandre Dresch. A CANIBALIZAÇÃO SIMBÓLICA DO TEMPLO DE SALOMÃO PELA IGREJA UNIVERSAL DO REINO DE DEUS E A RABINIZAÇÃO DE EDIR MACEDO. Anais de Artigos do Seminário Internacional de Pesquisas em Midiatização e Processos Sociais, [S.l.], v. 1, n. 2, jul. 2018. ISSN 2526-222X. Disponível em: <https://midiaticom.org/anais/index.php/seminariointernacional/article/view/184>. Acesso em: 16 out. 2019.