Apontamentos sobre o estágio de midiatização da Universidade de São Paulo (USP) nas redes sociais

Notes on mediatization stage of the University of São Paulo (USP) on social networks

  • Francieli Jordão Fantoni
  • Eugenia M.M. da Rocha Barichello

Resumo

Este trabalho tem como objetivo analisar o estágio de midiatização de práticas comunicacionais da Universidade de São Paulo (USP) nas redes sociais Facebook, Twitter e Youtube. Parte-se da hipótese que a USP ainda não se apropria de todas as possibilidades ofertadas pelas redes sociais e nem do processo crescente de datatificação da vida humana, característica essa de uma midiatização profunda (Couldry; Hepp, 2017). De forma a averiguar esta premissa, discute-se o caso (Yin, 2005) a partir de duas seções: a midiatização profunda e as redes sociais. Aponta-se que a USP ainda mantém o processo comunicacional centralizado, tateando o ambiente digital, sem uma estratégia pensada para cada rede e suas distintas operacionalizações.

Publicado
2019-08-23
Como Citar
FANTONI, Francieli Jordão; BARICHELLO, Eugenia M.M. da Rocha. Apontamentos sobre o estágio de midiatização da Universidade de São Paulo (USP) nas redes sociais. Anais de Artigos do Seminário Internacional de Pesquisas em Midiatização e Processos Sociais, [S.l.], v. 1, n. 3, ago. 2019. ISSN 2526-222X. Disponível em: <https://midiaticom.org/anais/index.php/seminariointernacional/article/view/265>. Acesso em: 16 out. 2019.