Processos sociais deslizantes: impermanências e autorregulações das representações imagéticas dos jovens quilombolas na circulação midiática

Sliding social processes: impermanences and self-regulation of the image representations of the quilombo’s youths in the mediatic circulation

  • Marco Antônio de Oliveira Tessarotto

Resumo

O artigo apresentado representa uma parte da pesquisa do doutorado em andamento no Programa de Pós-Graduação em Ciências da Comunicação pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos (UNISINOS). A temática diz respeito às afetações nos processos sociais de uma comunidade quilombola no interior do estado da Paraíba. Os dados obtidos pela extração de prints em publicações dos jovens da comunidade no Facebook demonstraram à priori, a ocorrência de ações de ordenamento sistêmico trazidos à tona pelas eleições majoritárias de 2018. No estudo, as representações imagéticas buscavam tentativamente se fixar na linha do tempo do Facebook e, após outubro de 2018, foram acionadas estratégias de impermanências nas redes. Os processos, acionamentos e intercorrências serão mais bem descritos no desenvolvimento deste trabalho.

Publicado
2019-08-24
Como Citar
TESSAROTTO, Marco Antônio de Oliveira. Processos sociais deslizantes: impermanências e autorregulações das representações imagéticas dos jovens quilombolas na circulação midiática. Anais de Artigos do Seminário Internacional de Pesquisas em Midiatização e Processos Sociais, [S.l.], v. 1, n. 3, ago. 2019. ISSN 2526-222X. Disponível em: <https://midiaticom.org/anais/index.php/seminariointernacional/article/view/295>. Acesso em: 16 out. 2019.