Interações sociais midiatizadas a partir de uso de cartaz

  • Manoella Maria Pinto Moreira das Neves Universidade Federal de Alagoas - Ufal

Resumo

O artigo apresenta uma reflexão continuada sobre processos interacionais e observando tais processos a partir do uso do cartaz. Considera-se o cartaz como um dispositivo marcador de circulação porque gera e faz gerar novas formas de utilizá-lo, de expressar-se. Nas redes sociais, os cartazes têm se apresentado com conteúdo cada vez mais originais e criativos, colocam em circulação opiniões individuais, com identificação do conteúdo pelos cidadãos-internautas. Neste contexto, os cartazes caracterizam-se como um dispositivo de circulação interacional dentro de outro, a rede social onde está inserido. As interações observadas são motivadas pelo uso do cartaz na postagem que sugere/propõe um intercâmbio com os seguidores, sendo possível apontar sobre sentidos circulantes, compreender a relação entre o usuário, o perfil e a circulação dos conteúdos impulsionados na interação.

Publicado
2020-10-26
Como Citar
PINTO MOREIRA DAS NEVES, Manoella Maria. Interações sociais midiatizadas a partir de uso de cartaz. Anais de Resumos Expandidos do Seminário Internacional de Pesquisas em Midiatização e Processos Sociais, [S.l.], v. 1, n. 4, out. 2020. ISSN 2675-4169. Disponível em: <https://midiaticom.org/anais/index.php/seminario-midiatizacao-resumos/article/view/1095>. Acesso em: 10 dez. 2022.