Me Brand em midiatização: da natureza simbólica às performances socioculturais

  • Rafael dos Santos Hönig Universidade Federal de Santa Maria

Resumo

Este artigo visa propor reflexões sobre a Me Brand como um fenômeno em expansão na contemporaneidade, considerando desde a natureza simbólica do ser até as performances socioculturais na sociedade em midiatização. De acordo com um viés fenomenológico, pragmático e linguageiro da comunicação, são utilizadas as contribuições de Goffman (1999) sobre a ordem da interação, junto com as reflexões de Peterson (1999), que entendem o mundo como lugar de ação e de coisas. Após as articulações, um tópico elabora observações sobre as atitudes de marca empreendidas pelo velocista Usain Bolt. Ao final, um panorama de pesquisa é apresentado com o objetivo de apontar considerações para investigações futuras. Avalia-se, de forma geral, que a Me Brand estimula modos de pensar e agir pautados nas lógicas de marca

Publicado
2021-04-22
Como Citar
HÖNIG, Rafael dos Santos. Me Brand em midiatização: da natureza simbólica às performances socioculturais. Anais de Artigos do Seminário Internacional de Pesquisas em Midiatização e Processos Sociais, [S.l.], v. 1, n. 4, abr. 2021. ISSN 2675-4290. Disponível em: <https://midiaticom.org/anais/index.php/seminario-midiatizacao-artigos/article/view/1311>. Acesso em: 28 nov. 2021.