Movimentos sociais midiatizados: análise de casos de apropriação de Ni Una Menos e Black Lives Matter no Instagram

  • Maria Clara de Sousa Caju Universidade Federal da Paraíba
  • Lídia Raquel Herculano Maia

Resumo

Este paper procura compreender como movimentos sociais midiatizados têm sido apropriados em estratégias de marketing social e de causas. Para tanto, realizamos uma pesquisa qualitativa, com uso do método abdutivo, para análise de casos de apropriação de símbolos dos movimentos internacionais Ni Una Menos e Black Lives Matter, por parte de órgãos públicos e privados. O lócus de análise foi a rede social Instagram, onde circularam imagens e hashtags dos movimentos, por vezes, de modo esvaziado. Concluímos, assim, que a midiatização desses casos contribuiu significativamente para seu crescimento, no entanto, também para sua dispersão.

##submission.authorBiography##

##submission.authorWithAffiliation##

Graduanda do curso de Relações Públicas da Universidade Federal da Paraíba.

Publicado
2021-04-22
Como Citar
CAJU, Maria Clara de Sousa; HERCULANO MAIA, Lídia Raquel. Movimentos sociais midiatizados: análise de casos de apropriação de Ni Una Menos e Black Lives Matter no Instagram. Anais de Artigos do Seminário Internacional de Pesquisas em Midiatização e Processos Sociais, [S.l.], v. 1, n. 4, abr. 2021. ISSN 2675-4290. Disponível em: <https://midiaticom.org/anais/index.php/seminario-midiatizacao-artigos/article/view/1317>. Acesso em: 28 nov. 2021.
Seção
GT COMUNICAÇÃO E DIFERENÇA: CORPOS, AFETOS E TERRITÓRIOS I