REFLEXÕES SOBRE A CIRCULAÇÃO NAS INSTITUIÇÕES MIDIATIZADAS: A APROPRIAÇÃO DO DILEMA DO RACISMO NO CASO ARANHA

  • Cíntia Miguel Kaefer

Resumo

O artigo é parte dos estudos da Dissertação de Mestrado ‘Ser ou não ser racista no caso Aranha: Investigação sobre a Propagação, Incerteza e Circulação Midiática’. As reflexões deste recorte têm como foco a análise da apropriação do dilema do racismo pelas instituições midiatizadas, passando pelos conceitos apresentados por Hjarvard (2012), Fausto Neto (2005) e Ferreira (2013), além do esquema pensado por Verón (1997) para analisar o fenômeno da midiatização. O estudo evidencia que parte das instituições midiatizadas foram invadidas pelas ondas sucessivas gera das pelo processo de circulação do acontecimento, enquanto outras instituições apenas surfaram no caso. Na análise das interações, podemos afirmar que as instituições midiatizadas potencializaram o debate que foi conduzido e ancorado pelos atores sociais.

Publicado
2017-06-30
Como Citar
KAEFER, Cíntia Miguel. REFLEXÕES SOBRE A CIRCULAÇÃO NAS INSTITUIÇÕES MIDIATIZADAS: A APROPRIAÇÃO DO DILEMA DO RACISMO NO CASO ARANHA. Anais de Artigos do Seminário Internacional de Pesquisas em Midiatização e Processos Sociais, [S.l.], v. 1, n. 1, jun. 2017. ISSN 2675-4290. Disponível em: <https://midiaticom.org/anais/index.php/seminario-midiatizacao-artigos/article/view/132>. Acesso em: 09 dez. 2022.