Midiatização da sexualidade: a emergência da narrativa contra-hegemônica da assexualidade no ciberespaço

  • Vitória Carvalho Rocho da Silva Universidade de Santa Cruz do Sul

Resumo

Neste artigo se expõe o resultado do estudo monográfico1 sobre a emergência das narrativas contra-hegemônicas no ciberespaço. Por narrativas contra-hegemônicas compreende-se aquelas que são produzidas por grupos que não se sentem representados na mídia ou que criam um discurso que vai de encontro com o que está presente na mídia hegemônica, como é o caso da narrativa da assexualidade. A hipótese que nos moveu é que essa emergência tem lugar em decorrência da processualidade da midiatização e, nela, o ciberespaço. Tratou-se de um estudo de caso, no qual o objeto de estudo teve por recorte dez excertos que nos permitem identificar a evolução da narrativa da assexualidade na mídia, no presente artigo haverá a exposição de dois deles.



1  Disponível em: https://repositorio.unisc.br/jspui/handle/11624/2744.

##submission.authorBiography##

##submission.authorWithAffiliation##

Acadêmica de Comunicação Social, habilitação jornalismo, na Universidade de Santa Cruz do Sul.

Publicado
2021-04-22
Como Citar
CARVALHO ROCHO DA SILVA, Vitória. Midiatização da sexualidade: a emergência da narrativa contra-hegemônica da assexualidade no ciberespaço. Anais de Artigos do Seminário Internacional de Pesquisas em Midiatização e Processos Sociais, [S.l.], v. 1, n. 4, abr. 2021. ISSN 2675-4290. Disponível em: <https://midiaticom.org/anais/index.php/seminario-midiatizacao-artigos/article/view/1341>. Acesso em: 28 nov. 2021.
Seção
GT COMUNICAÇÃO E DIFERENÇA: CORPOS, AFETOS E TERRITÓRIOS II