REVISTAS PARA MULHERES E OS MODELOS IDENTITÁRIOS FEMININOS EM UMA SOCIEDADE EM MIDIATIZAÇÃO

  • Samanta Petersen da Rocha Lima
  • Gustavo Fortes Said

Resumo

As revistas femininas sempre tiveram um papel essencial na vida da mulher, tanto por apresentar e reafirmar modelos de comportamento e de beleza que são usados como referência para a construção dos seus perfis identitários, quanto por pautar e debater temáticas que antes eram tratadas apenas na esfera privada. Esse papel e influência da mídia tem se ampliado cada vez mais em uma sociedade em midiatização, uma vez que a cultura, a sociedade e os veículos de comunicação se encontram interligados, de forma que a mídia também acompanha e apresenta as mudanças sociais, culturais e políticas que ocorrem na vida da mulher. Assim, este artigo visa fazer uma análise de conteúdo das revistas Claudia e Trip Para Mulher (TPM) no sentido de perceber como as questões sobre o feminino têm sido abordadas pelas publicações femininas no Brasil.

Publicado
2018-07-08
Como Citar
LIMA, Samanta Petersen da Rocha; SAID, Gustavo Fortes. REVISTAS PARA MULHERES E OS MODELOS IDENTITÁRIOS FEMININOS EM UMA SOCIEDADE EM MIDIATIZAÇÃO. Anais de Artigos do Seminário Internacional de Pesquisas em Midiatização e Processos Sociais, [S.l.], v. 1, n. 2, jul. 2018. ISSN 2675-4290. Disponível em: <https://midiaticom.org/anais/index.php/seminario-midiatizacao-artigos/article/view/210>. Acesso em: 09 dez. 2022.