DE LA MÉDIATISATION DU RELIGIEUX À LA MÉDIALISATION DU RELIGIEUX À TRAVERS LE CAS DE L’ÉGLISE SANS MURS

  • Mihaela Alexandra Tudor
  • Agnos Milian Herteliu

Resumo

No presente artigo iremos tentar colocar em destaque como a midialização, compreendida como “midiatização de tudo” (Bratosin, 2016), transforma a expressão e a representação da igreja enquanto organização religiosa, pelo estudo do caso da igreja conectada Jesus Market, uma plataforma estruturada como transmídia que propõe se praticar uma religião desencantada de tradições, de rituais e de desenvoltura doutrinária (Tudor & Herteliu, 2016a, Tudor & Herteliu,e « 2016b), na lógica do retorno aos grandes eixos da teologia luterana: Sola Gratia, Sola Fide, Sola Scriptura, Sola Christo. A escolha de tal projeto é devida ao fato de tê-lo considerado como representativo, como exemplo emergente de contestação, ao mesmo tempo no interior e no exterior da organização religiosa tradicional, possível no paradigma da teoria do pós- -neo-protestantismo (Bratosin, 2016).

Publicado
2017-06-30
Como Citar
TUDOR, Mihaela Alexandra; HERTELIU, Agnos Milian. DE LA MÉDIATISATION DU RELIGIEUX À LA MÉDIALISATION DU RELIGIEUX À TRAVERS LE CAS DE L’ÉGLISE SANS MURS. Anais de Artigos do Seminário Internacional de Pesquisas em Midiatização e Processos Sociais, [S.l.], v. 1, n. 1, jun. 2017. ISSN 2675-4290. Disponível em: <https://midiaticom.org/anais/index.php/seminario-midiatizacao-artigos/article/view/73>. Acesso em: 03 dez. 2022.