PODER, VIGILÂNCIA E MIDIATIZAÇÃO: O CONTROLE RIZOMÁTICO DA AMAZÔNIA

  • Vinícius Flôres
  • Viviane Borelli

Resumo

O artigo investiga os processos de midiatização engendrados por mecanismos de controle na vigilância colaborativa da floresta amazônica. Arqueologicamente, reflete-se sobre a transição entre as sociedades de soberania, disciplinar (Foucault, 2011) e de controle (Deleuze, 1992), em tensionamento com a discussão sobre panoptismo e a decorrente intensificação da rizomática vigilância no mundo contemporâneo, atravessada por procedimentos sócio-técnico-discursivos (Fausto Neto, 2010) inerentes da midiatização (Verón, 1997; Sodré, 2002; Gomes, 2006; Fausto Neto, 2006, 2013). Trata-se de um estudo de caso, de caráter descritivo analítico, com base em pesquisa documental e bibliográfica. A multiplicidade imanente dessa particular ambiência de controle da Amazônia aponta para uma articulação nos moldes deleuzeanos, de maneira rizomática e geograficamente dispersa.

Publicado
2017-06-30
Como Citar
FLÔRES, Vinícius; BORELLI, Viviane. PODER, VIGILÂNCIA E MIDIATIZAÇÃO: O CONTROLE RIZOMÁTICO DA AMAZÔNIA. Anais de Artigos do Seminário Internacional de Pesquisas em Midiatização e Processos Sociais, [S.l.], v. 1, n. 1, jun. 2017. ISSN 2675-4290. Disponível em: <https://midiaticom.org/anais/index.php/seminario-midiatizacao-artigos/article/view/86>. Acesso em: 09 dez. 2022.