Midiatização da saúde e as affordances das plataformas digitais: o perfil do Instagram Turner & Eu

  • Maria do Carmo Falchi Unisinos

Resumo

Pacientes com enfermidades criam textos, imagens e conteúdo audiovisual para falar sobre diferentes aspectos sobre a doença: desde questões biológicas até vivências pessoais. Essas interações entre pacientes e as dinâmicas da produção de conteúdo fazem parte das suas experiências comunicacionais, que acabam repercutindo nas elaborações sobre a doença e sobre si mesmas.  Portanto, este artigo visa analisar o perfil do Instagram Turner & Eu para averiguar como que o conteúdo é construído para a plataforma, quais as apropriações feitas e de que forma ocorrem as interações. Para tanto, serão apresentados postagens, stories e comentários.


 


 

##submission.authorBiography##

##submission.authorWithAffiliation##

Doutoranda em Ciências da Comunicação pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos - Unisinos, na linha de pesquisa de Midiatização e Processos Socias. Mestra em Pol´ítica Social e Direitos Humanos pela Univerisidade Católica de Pelotas. Pós-Graduação em Docência no Ensino Superior pela PUCRS. Bachachel em Comunciação Social - Habilitação Jornalismo pela Univerisidade Católica de Pelotas

Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/8811241898187501

Publicado
2022-11-07
Como Citar
FALCHI, Maria do Carmo. Midiatização da saúde e as affordances das plataformas digitais: o perfil do Instagram Turner & Eu. Anais de Resumos Expandidos do Seminário Internacional de Pesquisas em Midiatização e Processos Sociais, [S.l.], v. 1, n. 5, nov. 2022. ISSN 2675-4169. Disponível em: <https://midiaticom.org/anais/index.php/seminario-midiatizacao-resumos/article/view/1377>. Acesso em: 18 abr. 2024.