A condição pós-fotográfica no jornalismo: uma proposta de análise a partir das perspectivas teóricas da midiatização

  • Monique Ferreira Campos Universidade Federal de Juiz de Fora

Resumo

A fotografia jornalística é parte constituinte do fenômeno midiático, implicada nas experiências de se informar nesse ambiente hiperconectado. O contexto atual é o dos desdobramentos do fotojornalismo sob a vigência da ambiência digital e convergente, desse modo, muitos são os esforços teóricos para compreender os  reordenamentos da prática fotográfica. Os sentidos atribuídos ao atual momento da fotografia foram reunidos dentro do prefixo "pós", resultados de diversas discussões ontológicas. Dessa forma, como as teorias da midiatização podem ser uma chave de leitura para os estudos sobre as práticas pós-fotográficas e que contribuições trazem para as discussões sobre a imagem fotojornalística digital? Este artigo propõe analisar o cenário da fotografia contemporânea e da circulação das imagens fotojornalísticas, de forma a buscar perspectivas teórico-metodológicas que possam inspirar uma trajetória de pesquisa sobre as interações com as fotografias jornalísticas em meio às especificidades traçadas pela cultura midiática digital.

Publicado
2022-11-06
Como Citar
CAMPOS, Monique Ferreira. A condição pós-fotográfica no jornalismo: uma proposta de análise a partir das perspectivas teóricas da midiatização. Anais de Resumos Expandidos do Seminário Internacional de Pesquisas em Midiatização e Processos Sociais, [S.l.], v. 1, n. 5, nov. 2022. ISSN 2675-4169. Disponível em: <https://midiaticom.org/anais/index.php/seminario-midiatizacao-resumos/article/view/1531>. Acesso em: 29 jan. 2023.